Caminhar

Na RHLT existem vários percursos pedestres que são um convite a todos os amantes da natureza.

Diferentes trilhos estão envoltos numa perfeita simbiose entre história, património, cultura, desporto, natureza, gastronomia e vinhos, integrados em paisagens únicas, de cortar a respiração.

Calce as botas e percorra os caminhos que preparámos para si. Descontraia, deixe-se envolver pelo cenário que serviu de palco a um dos momentos mais marcantes da história europeia e MUDE O SEU DESTINO ONDE MUDÁMOS O DE NAPOLEÃO!

Parta à sua descoberta e faça-se acompanhar de um mapa, uma bússola ou um GPS.

Grande Rota das Linhas de Torres – GR30

A Grande Rota das Linhas de Torres é composta por percursos pedestres que se estendem por um vasto território, entre o rio Tejo e o Atlântico.

Desenvolve-se por montes e vales, caminhos tradicionais e troços de estradas militares e atravessa paisagens agrícolas e florestais, com alguns desníveis a vencer.

Ao longo do percurso diferem a fauna e a flora, mas em pano de fundo permanecem sempre os trilhos calcorreados pelas tropas britânicas e portuguesas que prepararam a defesa de Lisboa da terceira invasão francesa.

gr 30

Troço de Sobral de Monte Agraço

É um dos mais significativos troços do GR 30, devido ao seu significado histórico

Troço linear que convida a conhecer a principal posição de defesa das Linhas de Torres e proporciona uma experiência invulgar. É um dos mais significativos troços do GR 30, devido ao seu significado histórico.

Siga os trilhos que a natureza lhe oferece e desfrute de longos passeios a pé, a cavalo ou de bicicleta, por entre histórias do passado, contadas pelos impressionantes cenários que vai descobrindo. Ponha à prova a sua orientação. Leve a máquina fotográfica e registe as novas aventuras.

Se é adepto do birdwatching aprecie alguns habitats. À chegada ao Circuito do Alqueidão junte os amigos ou a família para um piquenique. É o local certo para um momento de descontração e de partilha.

caminhar

Partida e Chegada | Patameira e Correntes (Valgarfos)

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Distância | 16 km

Grau de Dificuldade | Médio a elevado

Altitude |439 m

Época Aconselhada | Todo o ano

btt dark
Recomendado para a prática de BTT
caminhar

Partida e Chegada | Troço de Sobral de Monte Agraço na EN533 e Troços de Vila Franca de Xira e Loures, junto ao Moinho de A-do-Mourão

Âmbito | Ambiental, Cultural, Desportivo e Geoturístico

Distância | 11 km

Grau de Dificuldade | Médio a elevado

Altitude |371 m

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Capela de Santa Ana (Carvalha), Forte da Carvalha, Moinho de Á-do-Mourão

btt dark
Recomendado para a prática de BTT
gr 30

Troço de Arruda dos Vinhos

Troço feito por caminhos em tempos percorridos a cavalo pelas tropas aliadas.

O troço atravessa o município de Arruda dos Vinhos, por caminhos em tempos percorridos a cavalo pelas tropas aliadas, incluindo alguns fortes que integraram a 1.ª linha defensiva da capital. O troço faz ligação entre os municípios de Sobral de Monte Agraço e de Vila Franca de Xira, passando pelo Forte da Carvalha (Obra Militar n.º 10), onde se podem observar perdizes, coelhos, falcões e já as raras águias de Asa Redonda.

gr 30

Troço de Torres Vedras

Dois troços que permitem conhecer as principais edificações das Linhas de Torres

Percurso circular formado por dois troços, também, circulares, que permite aos caminheiros conhecer as principais edificações das Linhas de Torres, bem como os recursos naturais, culturais e patrimoniais do concelho.

Ao longo do troço, existem 5 locais considerados como possíveis pontos de partida e ou chegada, assinalados com um Painel Informativo.

gpsies
wikiloc logo
caminhar

Partida e Chegada
Forte de S. Vicente | Torres Vedras
Foz do Rio Sizandro
Parque Verde da Várzea  | Torres Vedras
Serra do Socorro

Âmbito | Ambiental, Cultural, Desportivo e Geoturístico

Tipo | Misto (linear e/ou circular)

Distância Total | 112 km (troço do Sobral de Monte Agraço e troço de Mafra e a ligação do Forte do Grilo à Estrada Militar na Zona do Bonabal)

Distância parcelares
» 29Km | Forte S. Vicente > Forte da Ordasqueira > Serra do Socorro 
» 17Km | Serra do Socorro > Castro do Zambujal > Forte de S. Vicente
» 21Km | Forte S. Vicente > Forte do Grilo > Foz do Rio Sizandro
» 26Km | Foz do Rio Sizandro > Castro do Zambujal > Forte de S. Vicente

Grau de Dificuldade | Médio a elevado

Altitude | 395m

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Forte São Vicente, Forte do Grilo, Foz do Sizandro, Castro do Zambujal, Forte da Ordasqueira, Serra do Socorro

btt dark
Recomendado para a prática de BTT

Pequenas Rotas – PR

Um conjunto de circuitos que pode explorar e que passam pelo património natural e arquitetónico das Linhas de Torres.

Sobral de Monte Agraço

pr 1

Rota dos Moinhos

A diversidade natural, influenciada pelo clima do litoral oeste, entre rios e ribeiros, convida à prática de atividades ao ar livre.

O relevo acentuado é pontuado por moinhos de vento que testemunham uma das atividades agrícolas que tiveram maior expressão na região. Constituem elementos de destaque que confere à paisagem uma expressão viva da cultura e etnografia das suas gentes.

Inicialmente de madeira, passaram a alvenaria no século XVI, ficando conhecidos por “Moinho Português” ou “Mediterrâneo”.

Percorrer a Rota dos Moinhos é familiarizar-se com vistas panorâmicas fabulosas. Leve os binóculos e descubra no horizonte as serras do Socorro e de Montejunto, o arquipélago das Berlengas e o Tejo.

Muitos moinhos foram utilizados durante a terceira invasão francesa como postos avançados de observação e outros convertidos em redutos de defesa das Linhas de Torres.

caminhar

Partida/Chegada |Largo da Feira de Sobral de Monte Agraço

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Distância | 14 km

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Outros Pontos de Interesse | Igreja de Santo Quintino | Capela Romano-gótica de S. Salvador| Forte do Alqueidão | Capela de Nossa Senhora da Fé | Capela de S. Tomé

btt dark
Recomendado para a prática de BTT
caminhar

Ponto de partida / chegada | Jardim do Palácio do Morgado

Âmbito | Ambiental, Cultural, Paisagístico, Desportivo e Geoturístico

Distância | 13 km

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o Ano

Outros Pontos de Interesse | Palácio do Morgado, Centro de Interpretação das Linhas de Torres, Chafariz, Igreja Matriz de Arruda dos Vinhos, Miradouro da Giesteira

Arruda dos Vinhos

pr 1

Por serras de Al-Ruta

O PR1 – “Por Serras de Al-Ruta” é um percurso cheio de história, que nos leva a várias fases do passado. Tem início no Jardim do Palácio do Morgado, passa pelo Forte do Cego, Forte da Carvalha, Covão de Cima onde se poderá cruzar com praticantes de parapente, e Giesteira onde poderá desfrutar de uma paisagem deslumbrante sobre o vale encantado de Arruda.

Torres Vedras

Rota da Serra da Archeira

Percurso pedestre circular em plena Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira (PPLSS), que permite aos pedestrianistas disfrutar da paisagem e conhecer os recursos naturais, culturais e patrimoniais desta área envolvente.

Rota da Serra do Socorro

Percurso pedestre circular em plena Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira (PPLSS), que permite aos pedestrianistas olhar a paisagem e conhecer os recursos naturais, culturais e patrimoniais desta área.

caminhar

ROTA DA SERRA DA ARCHEIRA

Partida e Chegada | Centro Interpretativo da PPLSS

Tipo | Circular

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Distância | 10Km

Nível de Dificuldade | Médio a elevado

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Centro Interpretativo da PPLSSA, Forte da Archeira, Forte da Feiteira, Moinhos de Vento

 

ROTA DA SERRA DO SOCORRO

Partida/Chegada | Centro Interpretativo da PPLSS

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Distância | 11Km

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Centro Interpretativo da Serra do Socorro

caminhar

Partida/Chegada
Turcifal – Junto à Igreja Matriz 
Serra do Socorro
Figueiredo – Centro Interpretativo da Área de Paisagem Protegida das Serras do Socorro e Archeira

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Altitude | 395m

Distância | 22Km

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Igreja Matriz do Turcifal, Forte da Archeira, Forte da Feiteira, Ermida de Nossa Senhora do Socorro

Torres Vedras

pr 9

Rota dos Encantos

O percurso tem o seu início junto à Igreja Matriz do Turcifal, seguindo depois em direção à Serra do Socorro, com uma vista deslumbrante no seu topo, onde se situa a Ermida de N. Sra. do Socorro. A descida para o Furadouro segue por uma parte do caminho militar, em que ainda é bem visível o seu característico empedrado, passando posteriormente pelo Forte da Archeira, Feiteira e Catefica.

Torres Vedras

pr 10

Rota da Água

Percurso pedestre que pretende divulgar e preservar vários poços, linhas de água e outros patrimónios neste âmbito, procurando partilhar a sua história, importância para a comunidade e valorizar um recurso natural essencial para a vida no planeta como é a água.

Apesar da água ser o tema base também se pretende divulgar o património edificado e natural da freguesia, entre os quais, o Forte do Grilo, património militar integrado nas Linhas de Torres Vedras aquando das Invasões Francesas.

caminhar

Partida/Chegada | Parque Verde da Ponte

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Altitude | 91 m

Distância | 20Km

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Igreja e Convento Santo António do Varatojo (Monumento Nacional), Igreja e Convento da Graça, Igreja de S. Pedro (Monumento Nacional)

caminhar

Partida/Chegada | Museu do Vinho

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Altitude | 306 m

Distância | 23 000 m

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Reduto da Alrota/Ajuda Grande, Quinta da Murta, Quinta do Boição e Quinta do Chão do Prado

Loures

Circuito da Alrota/Ajuda Grande

O percurso alia o tema das Linhas de Torres Vedras à vinha e ao vinho, numa das regiões mais antigas de vinhos demarcados. As vinhas de arinto marcam a paisagem e, ao longo da caminhada, pode fruir de uma paisagem rural, rasgada por ribeiros e vales. O vale do Boição ainda tem as suas antigas azenhas. O percurso cruza zonas de vegetação de cariz atlântico, com outras tipicamente mediterrâneas. Além da paisagem, o visitante passa pelas propriedades agrícolas de referência do vinho Arinto como a Quinta da Murta, Quinta do Boição e Quinta do Chão do Prado. Um dos pontos mais altos é a visita ao Reduto da Ajuda Grande, fortificação que integrava uma posição militar avançada da 2ª Linha Defensiva, sendo um local privilegiado para compreender a estratégica que este na base da construção deste sistema defensivo notável.

Loures

Circuito do Arpim

É um percurso acidentado, subindo até próximo do Serves e descida acentuada até Bucelas, segue parte do traçado do GR30. Tem como motivo principal a temática das Linhas de Torres, bem como uma beleza paisagística, quer sobre o Vale de Bucelas quer para o Tejo, em particular do Forte da Aguieira (Vila Franca de Xira). Inclui a visita ao Forte do Arpim e Fortes da Aguieira e passa junto à Quinta da Romeira de Cima, produtora de vinhos e antiga casa senhorial.

caminhar

Partida/Chegada | Museu do Vinho

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Altitude | 309 m

Distância | 13 550 m

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Vale de Bucelas, rio Tejo, Forte do Arpim e Fortes da Aguieira e Quinta da Romeira de Cima

caminhar

Partida/Chegada | Parque Municipal de Montachique

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Tipo | Circular

Altitude | 280 m

Distância | 12 000 m

Nível de Dificuldade | Médio

Época Aconselhada | Todo o ano

Pontos de Interesse | Capelas do Freixial, Redutos de Montachique, do Mosqueiro e de Ribas

Loures

Circuito de Ribas e Freixial

Entre a Serra de Ribas e o desfiladeiro do Freixial propõe-se a passagem por pontos fulcrais das Linhas de Torres Vedras e pelo conjunto de arquitetura religiosa da povoação do Freixial. O caminhante é convidado a mergulhar em tempos históricos distintos que deixaram os seus testemunhos no território. A presença, nesta zona periférica de Lisboa, de uma nobreza que aqui construiu quintas apalaçadas, os redutos de Montachique, do Mosqueiro e de Ribas que ajudaram a impedir que a capital fosse tomada pelos franceses, são alguns exemplos do que poderá encontrar.

Junto ao Reduto de Ribas, no início da Primavera, o visitante ficará deslumbrado com o extenso manto de orquídeas selvagens! Iniciando a descida para o Freixial e à medida que nos aproximamos da povoação, é notória a presença de um arvoredo mais denso e exuberante, caraterística que lhe mereceu a designação de Sintra Saloia.

Vila Franca de Xira

Circuito na 1ª Linha Defensiva de Torres Vedras

Este percurso que corresponde à parte inicial da 1ª linha defensiva, entre Alhandra e Torres Vedras, está definido em 4 etapas, com o intuito de facilitar a sua visita em vários dias conforme os interesses e condição física dos pedestrianistas. Trata-se de uma rota autoguiada de formato circular. Os espaços foram marcados fazendo uso de rochas e/ou velhos troncos de árvores, bem como placares em madeira sempre com o objetivo de enquadrar as marcações na paisagem.

caminhar

ETAPA 1
Partida | Largo de Subserra
Chegada | Reduto do Casal da Entrega (obra 116)

ETAPA 2
Partida | Reduto do Casal da Entrega (obra 116)
Chegada |Reduto Novo da Serra do Formoso (obra 5)

ETAPA 3
Partida | Reduto Novo da Serra do Formoso (obra 5)
Chegada |Forte do Chão da Vinha (obra 8)

ETAPA 4
Partida | Forte do Chão da Vinha (obra 8)
Chegada |Largo de Subserra

Âmbito | Ambiental, Cultural e Desportivo

Distância | 17 910 m (percurso total)

Nível de Dificuldade | Fácil III; Algo difícil IV

Época Aconselhada | Todo o ano