fbpx

JUNTOS SOMOS UM FORTE

No âmbito do projeto ROTA HISTÓRICA DAS LINHAS DE TORRES: COMUNIDADE E TURISMO SUSTENTÁVEL, que se encontra a decorrer ao abrigo da Linha de Apoio à Sustentabilidade do Programa VALORIZAR do Turismo de Portugal, realizou-se no passado dia 15, no Forte do Alqueidão, a última das seis sessões do Programa de Educação Patrimonial que esteve a ser desenvolvido com crianças do 2.º Ciclo do Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral.

Tendo o Forte de Alqueidão como palco, a equipa Mundo Património – especializada em Educação Patrimonial e a desenvolver o presente projeto – dinamizou um conjunto de jogos relacionados com os conceitos trabalhados nas 5 sessões anteriormente ocorridas em sala de aula, com o objetivo de consolidar conhecimentos e estimular a apropriação e valorização do património local pela comunidade escolar: descodificar mensagens inspiradas na comunicação entre telégrafos; mimetizar e desenhar expressões idiomáticas com origem nas Invasões Francesas; testar conhecimentos num jogo de sorte e azar – foram alguns dos desafios lançados aos mais novos, de forma a abordar temas como Sociedade, História, Comunicação ou Alimentação nas Linhas de Torres há 200 anos.

Tornando claro como as matérias curriculares podem ser dadas em contexto real, gerando maior interesse, atenção e compreensão por parte das crianças ao programa de ensino, estiveram envolvidas 5 turmas de 5º ano da Escola, num total de 101 crianças e 10 professores: todos levaram do Forte de Alqueidão uma experiência rica e singular de descoberta deste Património fundamental para a compreensão de um período histórico marcante no panorama europeu e a certeza que quanto mais próxima é a experiência patrimonial, mais surpreendentes são os resultados alcançados junto do público infantojuvenil.

O respetivo programa iniciou-se a 20 de outubro de 2020 – Dia Nacional das Linhas de Torres – junto da comunidade escolar dos 6 municípios da Rota Histórica das Linhas de Torres e, em concreto, num agrupamento por município, através de ATELIER PEDAGÓGICOS – e abrangeu 8 escolas, 25 turmas e 600 alunos (102 alunos do 1º Ciclo | 498 alunos do 2º Ciclo).

O projeto foi muito bem recebido por parte de todas as Escolas, quer por parte do corpo docente, quer dos alunos envolvidos, como das autarquias, que desde a primeira hora apoiaram a sua concretização.

O Programa de Educação Patrimonial é transversal ao projeto ROTA HISTÓRICA DAS LINHAS DE TORRES: COMUNIDADE E TURISMO SUSTENTÁVEL e direcionado para a comunidade infantojuvenil do território e para o público turístico infantojuvenil nacional e estrangeiro, bem como escolar nacional, com consequente desdobramento do referido programa em ações e suportes comunicacionais diversos.

Saiba mais sobre o projeto aqui:

Vídeo 1º Ciclo| Projeto Educação Patrimonial | Alimentação

Vídeo 2º Ciclo| Projeto Educação Patrimonial | Alimentação