Revista INVADE! Quinto número!

A Rota Histórica das Linhas de Torres lançou o quinto número da revista INVADE! Património. Turismo . Lazer. Em breve já pode levantá-la no Centro de Interpretação das Linhas de Torres.

Nesta edição veja, em Grande Plano, como foi o Festival das Novas Invasões de 2021, sob o signo da resistência ao novo invasor SARS-CoV2.

Na rubrica É dos Nossos, o destaque vai para Always on Trek, uma empresa de animação turística que dá a conhecer o que de melhor há na região Saloia.

Estivemos à conversa com o arquiteto Manuel Lacerda sobre a relação do património com a cultura, o turismo, a sustentabilidade e a qualidade de vida das comunidades.

Em Mãos à Obra, o professor Rui Sousa mostra-nos como o seu hobby de colecionador de figuras históricas napoleónicas se transformou num projeto da Escola Secundária José Saramago.

À Mesa com os generais, o restaurante Roots convida a saborear um prato de época ou simplesmente de gastronomia portuguesa, no parque verde da cidade. E para Brindar às Linhas experimente o vinho (À Parte), produzido na Região Demarcada de Bucelas, pela Quinta Casal da Cruz.

Na rubrica Mude veja o que lhe propomos para a estação do inverno. Do repouso na Encosta do Almargem à Tasca do Beco Torto, visite a Quinta da Almiara, a Igreja de Santo Quintino, o Santuário de Nossa Senhora da Ajuda e o Centro de Interpretação das Linhas de Torres de Arruda dos Vinhos.

Aconteceu na Rota o Dia Nacional das Linhas de Torres. A comemoração realizou-se no Real Palácio de Mafra, onde teve lugar a 1.ª edição dos Prémios Wellington Honour.

Quase a terminar, mostramos-lhe mais um motivo forte para visitar o território das Linhas de Torres – o Moinho de Vento de Sobral, um exemplar que conserva o sistema de moagem original e que confere à paisagem uma expressão viva da cultura e das gentes do Oeste.

Fique nas Suites and Apartments DP, um lugar que já faz parte do itinerário dos peregrinos de Fátima e de Santiago de Compostela e que recebe hospedes de todas as partes do mundo.

Por fim, em Prata da Casa, revisite o Centro de Interpretação das Linhas de Torres de Mafra, agora com novas instalações, nas quais o quotidiano da população e a telegrafia ótica têm lugar de destaque.

Atreva-se e Mude o seu destino, onde mudámos o de Napoleão!

Conheça a revista aqui

11